[Talk-br] Transporte público no OSM

Maira groups em catdevrandom.com
Terça Outubro 13 20:43:18 BST 2009


Olá de novo,

que bom saber que tem mais gente aqui que se interessa em criar
informações de transportes no OSM! Acho que já somos um número
suficiente para começarmos a nos organizar e vejo com muito bons olhos
a ideia de termos o nosso Öpnvkarte também!

Algumas coisas:

1) Página no Wiki

O que acham de começarmos criando uma página no Wiki do OSM para
tentarmos centralizar as recomendações de como adicionar informações
sobre transportes públicos ao OSM? Algo como
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/WikiProject_Brazil/Transporte_Público.


2) Marcação das paradas de ônibus no OSM

Na página do Wiki do OSM sobre transporte público, acho que o principal
ponto de discórdia é sobre onde marcar as paradas de ônibus, como um
node na pista ou logo na lateral. O Wiki recomenda na lateral, mas tem
uma discussão sobre a marcação das paradas na via em si ser melhor para
fins de construir aplicações de planejamento de rotas. A discussão
ainda está em andamento, e está bem confuso entender o que está sendo
feito. De qualquer maneira, as páginas com as discussões mais recentes
parecem ser estas (são a elas que as mensagens da talk-transit se
referem no final de setembro/2009):

http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Transit
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Buses
http://wiki.openstreetmap.org/wiki/User:PeterIto/Stop_Place

Apesar de ainda ser uma proposta, creio que o último link é o que
apresenta a solução mais bem pensada, e penso que poderíamos recomendar
que essa seja a solução adotada no Brasil. Se entendi corretamente, a
ideia é que, no caso de paradas de ônibus simples, seja usado
highway=stopping_point na via, highway=bus_stop no local onde os
passageiros esperam, e uma relation to tipo site=bus_stop para conectar
uma à outra. Confere? Acham que é uma solução viável?


3) Quantidade de informações sobre transporte público a ser incluída no
OSM

Me cadastrei na lista talk-transit que o Vitor sugeriu (obrigada pela
dica!) e dei uma lida rápida num tópico recente e bem interessante, em
especial essa mensagem aqui:
http://lists.openstreetmap.org/pipermail/talk-transit/2009-September/000618.html.
O autor discute sobre qual seria o nível de detalhe que queremos
disponibilizar no OSM: A) apenas as paradas e estações, mas sem as
rotas; B) a estrutura física e as rotas de ônibus; ou C) a estrutura
física, as rotas e os horários. Veja que isso se refere apenas às
informações que estariam no OSM em si; nada impede que nas opções A e B
as informações de rotas e de horários sejam servidas por outro serviço
construído em cima dos dados do OSM (OpenTransitMap? :) ).

Eu, pessoalmente, acredito que o ponto A que ele citou seria o mais
adequado para nós no Brasil. Não sei como é em Natal ou no Rio, mas em
Brasília é uma coisa de louco. Temos por volta de mil linhas de ônibus
[1], sem exageros. Uma aberração criada pela falta de planejamento e de
integração tarifária, que, espero, vai ser corrigida cedo ou tarde.
Como um mapa de visualização dessas rotas iria aparecer, eu não
sei... Talvez algo não muito útil para quem quer informações sobre os
ônibus. Imagino que seria muito mais fácil ter as informações de
rotas específicas, em resultados de buscas feitas pelo usuário,
mostradas como uma camada em cima de um mapa.

Mas o principal motivo que eu acho que a definição das rotas de
ônibus diretamente no OSM é dispensável é porque estou pensando na
criação de um sistema de informação de itinerários de transporte
público como aquele exemplo que eu dei (hbus.ca), que usa o GTFS [2]
como formato para especificar a informação relativa às rotas e aos
horários. O GTFS já está virando um de facto standard para aplicações
desse tipo. E o negócio é que a informação sobre as rotas já existe num
feed GTFS, como um conjunto de paradas de ônibus em uma determinada
ordem. As paradas de ônibus são identificadas por meio de latitude
e longitude e por um identificador único, e podem também ter um
nome por extenso. Usando um identificador único no GTFS que seja
relacionado com um identificador único na tag que identifica a parada
no GTFS fica fácil fazer a ligação entre uma coisa e outra.

Além do problema dessa redundância, tem também o de atualizar as
informações das linhas. Acredito que seria mais efetivo fazer
atualizações sobre as linhas em um arquivo GTFS do que no OSM.

4) Ainda sobre as paradas, acho que seria interessante também pensarmos
numa maneira de identificar as paradas de ônibus de maneira única, para
facilitar caso os dados sejam exportados para um arquivo GTFS, por
exemplo. A primeira coisa que me vem à cabeça é incluir a sigla do
estado + identificador para o município, seguido de uma sequência
numérica única para o município (DF-0001-00001?). Dessa forma de
repente ficaria mais fácil evitar identificadores repetidos. Que acham?
Faz sentido querer ter identificadores únicos? Alguma cidade do Brasil
já adota um id único para as paradas de ônibus, vocês sabem?

Bom, já falei demais para um email só :) Aguardo opiniões e críticas.

Abraços,
Maira

[1]
http://www.dftrans.df.gov.br/portal/page/portal/DFTRANS/DFTRANS_TRANSPORTE

[2] http://code.google.com/transit/spec/transit_feed_specification.html





More information about the Talk-br mailing list