[Talk-br] Importação em Gama-DF

Fernando Trebien fernando.trebien em gmail.com
Terça Outubro 29 16:41:56 UTC 2013


Perfeito. Mas então mande o arquivo .OSM pra nós antes de fazer o upload, ok?

2013/10/29 Erick de Oliveira Leal <erickdeoliveiraleal em gmail.com>:
> Tranquilo pessoal. Vou só pedir pra ele separar algo q eventualmente náo
> seja ele QM colocou . o trabalho de ver o q já existe praticamente nem
> existe, pois quase náo ha dados no osm.
>
> Em 29/10/2013 12:01, "Fernando Trebien" <fernando.trebien em gmail.com>
> escreveu:
>
>> O jeito mais certo é o seguinte:
>> - converter para um arquivo .OSM (talvez com o conversor do Paulo
>> Carvalho)
>> - atualizar o que já existe no OSM hoje com a informação nova desse
>> mapeador, sem excluir os objetos originais (exceto, claro, se for
>> transformar pontos em áreas)
>> - eliminar do novo conjunto de POIs coisas que já existem hoje no OSM
>> - verificar se está tudo alinhado corretamente (do lado certo das
>> vias, e não sobre elas)
>> - fazer upload
>>
>> Antes de fazer o upload, eu gostaria de dar uma olhada nos dados
>> gerados pelo conversor do Paulo, só por curiosidade (nunca vi, só
>> acompanhei a construção).
>>
>> Independente de se usar esse conversor, se forem muitos POIs (digamos,
>> mais de 100), também é recomendado disponibilizar o arquivo OSM
>> resultante (antes de fazer o upload) pra que o pessoal aqui dê uma
>> olhada, dê sugestões de melhorias/mudanças, etc. Vai que há algo muito
>> diferente no jeito que esse mapeador mapeia e que precise ser mudado
>> para ser mais compatível com as práticas da comunidade. Ele ou você
>> pode disponibilizar o arquivo num servidor de arquivos ou em algo tipo
>> o Dropbox.
>>
>> O passo de atualizar o que já existe é certamente manual e às vezes
>> exige pensar/pesquisar um pouco. Digamos que o novo conjunto tenha
>> algo chamado "Escola blablabla" e o OSM tenha o mesmo objeto mapeado
>> como "Colégio blablabla". O ideal é pesquisar um pouquinho pra saber
>> qual é o mais correto. Se você não quiser fazer esse trabalho, não
>> substitua. Uma pesquisa com o Google (e não com o Google Maps) deve
>> lhe dar a resposta em menos de 1 minuto para cada caso.
>>
>> 2013/10/29 Erick de Oliveira Leal <erickdeoliveiraleal em gmail.com>:
>> > Pessoal, um novo mapeador vindo TrackSource está vindo para o
>> > OpenStreetMap,
>> > ele coletou muitos pontos de interesse no próprio GPS e consegue
>> > identificar
>> > estes pontos no arquivo de mapa dele. É uma região relativamente
>> > pequena,
>> > mas ele conseguiu muitos dados. Como proceder? Talvez isto nem deva ser
>> > tratado como importação, já que os dados, ele mesmo coletou.
>> >
>> > _______________________________________________
>> > Talk-br mailing list
>> > Talk-br em openstreetmap.org
>> > https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>> >
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "The speed of computer chips doubles every 18 months." (Moore's law)
>> "The speed of software halves every 18 months." (Gates' law)
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>



-- 
Fernando Trebien
+55 (51) 9962-5409

"The speed of computer chips doubles every 18 months." (Moore's law)
"The speed of software halves every 18 months." (Gates' law)



Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br