[Talk-br] usuário hiperativo?

Fernando Trebien fernando.trebien em gmail.com
Segunda Setembro 30 04:15:09 UTC 2013


Vinícius,

Você tocou num ponto onde eu sempre vi um grande potencial no
OpenStreetMap: ajudar na administração pública. Qualquer um poderia
ajudar, não apenas profissionais ligados ao governo. Assim, talvez
seja interessante inventar alguma tag nova que lhe ajude a identificar
quais porções do mapa representam uma realidade legalmente irregular
(quais cursos d'água foram desviados, onde há uma habitação ilegal,
etc.). Daria até pra inventar um estilo visual pra demarcar esses
elementos e ajudar no trabalho de investigação.

Já que você atua em projetos da área ambiental, nunca pensou em
procurar algum dispositivo legal que lhe dê o direito de fiscalizar
essas propriedades irregulares? Assim você poderia entrar com um GPS
para mapear os cursos d'água. Sem isso, o melhor que você pode fazer é
contar com imagens melhores, e se as do Bing não servem, sua próxima
melhor opção provavelmente será imagens cedidas pela Prefeitura,
provavelmente obtidas por avião (servem, mas a qualidade varia e você
vai ter que aprender um pouco sobre como compensar alguns problemas de
alinhamento). Ainda assim, essas imagens não lhe revelariam o traçao
de cursos d'água subterrâneos e outras canalizações, que podem exigir
métodos mais "criativos" de mapeamento.

Nunca ouvi falar da Domsig. O ideal seria tentar um contato com eles
para esclarecer os detalhes, mas antes acho bom você se inteirar da
licença dos dados do OpenStreetMap, pois você terá que perguntar para
eles se os dados deles podem ser republicados sob esses termos.
http://opendatacommons.org/licenses/odbl/summary/

Os assuntos legais são delicados e dúbios, então a melhor coisa que
você pode fazer é obter uma declaração por escrito (pode ser por
e-mail, ou melhor ainda se for um link para uma página no website
deles com os pormenores da licença deles; se conseguir algo em papel,
peço que você escaneie e nos envie para ajudarmos na leitura e para
guardarmos uma cópia também).

Eu vi que você até agora citou apenas ferramentas de "terceiros"
ligadas ao OSM. Provavelmente são ferramentas de "alto nível", que
oferecem uma interface conveniente e escondem os detalhes mais crus do
OSM. A minha experiência com essas ferramentas tem sido bem variável,
algumas são boas e outras não. Embora possa exigir algum aprendizado,
acho muito saudável que você conheça como as coisas funcionam por
baixo dos panos (as primitivas geométricas, as relações, as tags) e o
processo da comunidade (todas as tags foram um dia discutidas,
consolidadas numa proposta e por fim votadas). Isso lhe ajudaria e
escolher ferramentas melhores, e acho provável que no fim você acabe
ficando com as ferramentas padrão (iD e JOSM). O JOSM certamente você
não pode rodar no seu iPad, mas o iD provavelmente sim (nunca testei).
Se você tiver um dispositivo Android, talvez você possa usar o OSM
Tracker pra ter uma funcionalidade parecida. Quando eu faço inspeção
em campo, eu uso o OSM Tracker, e depois, antes de fazer o upload, eu
importo os dados no JOSM, faço uma limpeza básica, acrescento novos
dados, combino com o mapa atual (às vezes substituindo coisas, às
vezes descartando o meu mapeamento porque não ficou tão bom) e só
então submeto tudo. Mas há caminhos menos complicados (você pode
deixar o trabalho de limpeza para outros usuários), eu sigo esse só
para garantir a qualidade das informações. Se você trabalhar em par
com outra pessoa, pode de repente dividir as tarefas.

O JOSM por si só é um editor muito avançado e eu só o recomendaria se
você estiver disposto a passar alguns dias aprendendo a usar o
programa. Muitos dos benefícios dele vêm do sistema de plugins, dos
"tagging presets" (tags pré-definidas), e dos atalhos de teclado que
lhe permitem trabalhar mais rápido. Se você quiser usar o JOSM, sugiro
usá-lo em inglês mesmo, ou então com a tradução para português de
Portugal, que está bem completa.

2013/9/28 Vinicius de A. Maranhão <viniciusdeamaranhao em gmail.com>:
> Willi, agradeço as boas vindas à comunidade e o toque do keep it right que
> verei daqui a pouco. As dúvidas já existem e serão apresentadas em breve.
>
> Em casa uso direto osm org com idBing. Creio que ok. Fonte eu mesmo, local.
> Quando na rua utilizo vivozap no ipad e softs baixados da apple no local.
> Tanto no pushpin quanto no GoMap v1.1 ou no Openmap fico logado na conta
> OSM.  Utilizam imagens bing que me parecem as mesmas do OSM. Fiz as edições
> com o entendimento de que as imagens bing foram abertas pela Microsoft. É
> interessante verificarem a questão aqui Brasil e com o restante da
> comunidade para não perdermos esforços. Creio que perderia no max uns
> 100-200 pinos e linhas. Nada sério.
>
> Quanto aos muitos erros que cometi, peço desculpas públicas aos mapeadores
> aqui do BR e de todos os cantos. Estou aprendendo, tinha uma necessidade
> urgente do mapa aberto e fiz o que podia.
>
> Uma questão que me aflige agora dentre muitas é na hidrografia, pequenos
> cursos d'água, canais, drenos em uma escala de detalhe com imagem que tem
> limitações. Mesmo com o conhecimento local, não posso adentrar propriedades
> para passear com um gps. Assim muitas linhas estão incompletas mas serão
> finalizadas. Já verificamos uma série de crimes ambientais (alteração de
> pequenos cursos d'água, mini barragens em outros, loteamentos que se
> implantam aprovados pelo município e com muito discurso de sustentabilidade
> forçando drenagem canalizada e acabando com trechos. Sem licenças, ou com
> licenças que considerem estes pequenos detalhes estamos abismados com a
> ganância.
>
> O mapa deverá ser utilizado em denúncia estruturada na Promotoria Direitos
> Difusos (cidadania, meio ambiente, etc), além de espalhar gratuitamente
> arquivo pdf feito pelo mapomatic, não me recordo agora do nome correto.
> Estou aprendendo tb a usar um SIG open, o gVSIG para tentar fazer uma série
> histórica com imagens de Porto Real mostrando a bagunça no território que
> alguns fizeram. O municipio está mudando muito por causa das indústrias e
> sem infra urbana adequada está virando uma ..... em canais e drenos. Outro
> crime quando se mistura esgoto com águas pluviais. Estaremos em breve, com a
> ajuda que o mapa incompleto já deu dos canais e drenos, fazendo uma
> amostragem coletiva básica (inicialmente uma qualitativa dos coli - onde der
> presente, detalharemos). Tudo voluntário. Mapa para nosso pequeno grupo é
> instrumento de cidadania. Aqui não parece Brasil, LAIs não são respondidas,
> etc... Estamos indo no clique a clique. Essa parte ficou comigo.
> Utilizar 1:50000 ibge ou 25000 militar digital ajudaria se eu soubesse fazer
> e se soubesse que funcionaria no detalhe 5000 ou 2000. Ainda não sei mas
> quero aprender.
>
> Outra linha que cito está na estrada Quatis para Passa Vinte, MG e depois
> Liberdade, MG que detalhei, já subi a serra muitas vezes, gosot de 4x4.
> Aprendi no final dos cliques que havia uma linha feita, numa escala 50000 ou
> 100000 ou 250, pelo primeiro contribuidor OSM do Brasil. Deixei as duas e
> gostaria de ouvir comentários. Por favor, se estiver errado apagaremos.
>
> Outros pontos nem existem na imagem mas já na realidade e estão plotados.
> Agência da CEF na esquina da Avenida F com Rua A.
> Avenida F está mal desenhada. Com calma aprenderei o tal do acesso, fiquem a
> vontade se quiserem ajudar. Dou, damos boas vindas.
>
> Já utilizamos uma plataforma aberta de crisis mapping ushahidi com suporte
> google mas queremos passar em breve para OSM.
>
> Mais uma vez desculpas, agradeço pelo convite e retribuo convidando quem
> quiser e puder ajudar no mapa. Na fase pontual pesada faremos cópias de
> bairro e com apoio associações de bairro que completem o mapa no detalhe que
> quiserem. Dúvida: banco de dados domsig da ampla é público?
>
> Chega por hoje. Abs todos.
>
>
> Em sábado, 28 de setembro de 2013, wille escreveu:
>>
>> Na página do PushPin no wiki diz que usa imagens do bing e não relata
>> problema nenhum
>> http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Pushpin_OSM
>>
>> Vinícius para ver os erros que você cometeu sugiro usar o Keep It Right
>>
>> http://keepright.ipax.at/report_map.php?zoom=13&lat=-22.42893&lon=-44.32227&layers=B0T&&show_ign=1&show_tmpign=1
>>
>> Qualquer dúvida é só perguntar. Bem vindo à comunidade!
>>
>> Abraços,
>>
>> Em 2013-09-28 17:31, Vinicius de A. Maranhão escreveu:
>>>
>>> Por favor verifiquem pois caso não aceito pelas regras apagaremos e
>>> paro de utilizar. Mas pushpin pediu para logar no OSM e
>>> assim acreditei que estava correto. Vinicius.
>>>
>>> Em sábado, 28 de setembro de 2013, Aun Johnsen escreveu:
>>>
>>>> Um problema eu discobri com pushpin app e que eles nao confirmando fonte
>>>> do imagens ariais, algum pode entra em contato com eles (ou com OSMF) sobre
>>>> este, existe em posebilidade que tudos edicoes com pushpin e sujo - OSMF
>>>> preciso investigar este
>>>>
>>>> Aun Johnsen
>>>> Sent from my iPhone
>>>>
>>>> On 28. sep. 2013, at 16:23, Vinicius de A. Maranhão
>>>> <viniciusdeamaranhao em gmail.com> wrote:
>>>>
>>>>> Zero a esquerda em mapas digitais. Alguém poderia orientar algo menos
>>>>> trabalhoso que ponto a ponto para inserir pequenos cursos de água. Só tenho
>>>>> a realidade, bing e mapa municipal pdf do IBGE. Por isso ficam alguns
>>>>> espaços abertos na hidrografia e highways. Quero fechar.  Vinicius
>>>>>
>>>>> Em sexta-feira, 27 de setembro de 2013, Gerald Weber escreveu:
>>>>>
>>>>>> Já enviei mensagem para ele. Se alguém quiser reforçar seria uma boa.
>>>>>>
>>>>>> O que ocorre é que na região que vi as edições dele ao longo da Dutra,
>>>>>> ele encheu de highway=unclassified todas desconectadas entre si.
>>>>>>
>>>>>> Sem falar que o teclado dele só deve ter letras maiúsculas:
>>>>>> http://osm.org/go/PAAqk5Oh- [3]
>>>>>>
>>>>>> abraço
>>>>>>
>>>>>> Gerald
>>>>>>
>>>>>> 2013/9/27 Wille <wille em wille.blog.br>
>>>>>>
>>>>>>> Olhei rapidamente e não parece ser um caso ruim.
>>>>>>>
>>>>>>> Ele usou bastante o aplicativo Pushpin, que provavelmente envia
>>>>>>> apenas um POI por changeset, por isso o número grande de edições.
>>>>>>>
>>>>>>> É um caso para chamar para a lista e ter alguém alertando-o sobre os
>>>>>>> erros.
>>>>>>>
>>>>>>> On 27-09-2013 20:15, Gerald Weber wrote:
>>>>>>>
>>>>>>>> Achei um usuário com 2600 edições em apenas 1 mês. Cheio de coisas
>>>>>>>> erradas:
>>>>>>>>
>>>>>>>> http://www.openstreetmap.org/user/vialma [2]
>>>>>>>>
>>>>>>>> algém conhece?
>>>>>>>>
>>>>>>>> Gerald
>>>>>>>>
>>>>>>>> _______________________________________________
>>>>>>>> Talk-br mailing list
>>>>>>>> Talk-br em openstreetmap.org
>>>>>>>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br [1]
>>>>>>>
>>>>>>>
>>>>>>> _______________________________________________
>>>>>>> Talk-br mailing list
>>>>>>> Talk-br em openstreetmap.org
>>>>>>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br [1]
>>>>>>
>>>>>>
>>>>>> --
>>>>>>
>>>>>> Dr. Gerald Weber
>>>>>>
>>>>>> gweber.bh em gmail.com
>>>>>>
>>>>>> Personal website [4]
>>>>>>
>>>>>> Departamento de Física/Universidade Federal de Minas Gerais
>>>>>>
>>>>>> Department of Physics/Federal University of Minas Gerais
>>>>>>
>>>>>> Campus da Pampulha
>>>>>>
>>>>>> Av. Antônio Carlos, 6627, 31270-901 Belo Horizonte, MG, Brazil
>>>>>>
>>>>>> mobile: +55-(0)31-96462277 (mudou/changed 02/07/2013)
>>>>>
>>>>>
>>>>> --
>>>>> Vinicius Maranhao
>>>>
>>>>
>>>>> _______________________________________________
>>>>> Talk-br mailing list
>>>>> Talk-br em openstreetmap.org
>>>>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br [1]
>>>
>>>
>>> --
>>> Vinicius Maranhao
>>>
>>>
>>> Links:
>>> ------
>>> [1] https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>> [2] http://www.openstreetmap.org/user/vialma
>>> [3] http://osm.org/go/PAAqk5Oh-
>>> [4] geraldweberufmg
>>>
>>>
>>> _______________________________________________
>>> Talk-br mailing list
>>> Talk-br em openstreetmap.org
>>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>>
>> --
>> wille
>> http://wille.blog.br
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>
>
>
> --
> Vinicius Maranhao
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>



-- 
Fernando Trebien
+55 (51) 9962-5409

"The speed of computer chips doubles every 18 months." (Moore's law)
"The speed of software halves every 18 months." (Gates' law)



Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br