[Talk-br] Redefinir a classificação de trunk

Fernando Trebien fernando.trebien em gmail.com
Segunda Julho 7 05:28:56 UTC 2014


Se você tiver uma classificação hierárquica, qual o critério para ir
de um nível da hierarquia para o seguinte? O divisor das duas
categorias é simplesmente o órgão responsável por administrar a
rodovia? (No ano passado concluímos que é uma má idéia fazer assim
justamente porque há lugares no Brasil em que uma rodovia estadual
pode ser mais importante, mais capaz, mais trafegada e estar em melhor
estado do que outras federais.)

Primárias e secundárias têm características muito parecidas. Por mim,
estaria ok eliminar o critério do acostamento (não é à toa que ele tem
um "?", que sugere que essa informação, embora importante e
enriquecedora para o mapa, não é tão fundamental; a idéia original
inclusive era de nem sequer usar secundárias, apenas primárias).

É nas trunk que mora o problema dessa discussão, então não vamos
divergir muito. Segundo o wiki [1] sobre trunks:

"Use highway=trunk for high performance roads that don't meet the
requirement for highway=motorway."

Então ela não é uma motorway, que segundo o wiki [2]:

"Use highway=motorway to identify the highest-performance roads within
a territory, typically controlled-access highways with a minimum of
two lanes in each direction separated by a barrier. (...) A motorway
is normally represented by a series two parallel ways, one for each
carriageway tagged with highway=motorway."

Além disso, o trecho "controlled-access highways" aponta para um
artigo da Wikipédia [3] que essencialmente repete as mesmas
características do wiki do OSM. Trunk permanece meio indefinida até
aqui (afinal, o que é "high performance"? significa alto volume de
tráfego? ou velocidade alta? ou o quê?). Vamos ver o que o wiki diz
sobre primary [4]:

"A major highway linking large towns, normally with 2 lanes. The
traffic for both directions is usually not separated by a central
barrier."

Lembrando que 2 faixas no OSM significa 1 faixa para cada sentido ou 2
faixas no mesmo sentido.

Bem, se uma primária normalmente tem 2 faixas, então uma trunk
geralmente ou terá 2 faixas, separada por barreira central (uma
combinação bem exótica) ou terá mais de 2 faixas e não terá a barreira
central. E se por algum motivo o projeto da estrada deixou a desejar
no aspecto da segurança e não incluiu o acostamento, será uma
secundária.

Outro detalhe é que, quando discutimos isso, chegamos à conclusão de
que dá sim para passar por cima dessas definições gerais em casos
"excepcionais", especialmente se for para não ficar alterando a
classificação várias vezes ao longo da estrada. Mas daí é necessário
justificar (de preferência colocando uma etiqueta "note" na via).
Afinal, assim como você não participou das discussões no ano passado,
outros mapeadores terão dúvidas sobre a classificação que você
escolheu fazer nesse momento. Eu fiz isso recentemente (em trechos
curtos, não em trechos longos como você propõe), mas também abri para
o debate com outros mapeadores (e daí o melhor lugar sem dúvida é no
fórum): http://forum.openstreetmap.org/viewtopic.php?id=26067

[1] http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Tag:highway=trunk
[2] http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Tag:highway=motorway
[3] http://en.wikipedia.org/wiki/Controlled-access_highway
[4] http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Tag:highway=primary

2014-07-06 21:30 GMT-03:00 Gabriel Teixeira <gabrieldiegoteixeira em gmail.com>:
> Então temos ai uma outra questão: a classificação (em trunk, primary,
> secondary...) é física ou hierárquica?
> Se a idéia de ter rodovias com acostamento secondary é ruim porque não então
> classificar as vias preferenciais como trunk?
>
> @Aun: Não precisa mudar o renderizador exceto a questão das vias não
> pavimentadas, o que já vem sendo discutido para o renderizador padrão.
>
> 2014-07-06 20:35 GMT-03:00 Gabriel Teixeira
> <gabrieldiegoteixeira em gmail.com>:
>> A distinção é se a rodovia tem as caracteristicas físicas de uma primary
>> (asfalto, acostamento...) mas não tem preferencia sobre uma ou mais outras
>> vias primary, ela deve ser classificada como secondary. E se esta via
>> também
>> não tem preferencia sobre uma ou mais secondary deve ser tertiary. A
>> proposta original era que rodovias do tipo primary que tem prefencia sobre
>> todas outras primary deveriam ser classificadas de trunk (junto com as que
>> já são classificadas como trunk), mas parece que essa proposta não foi
>> muito
>> adiante.
>
> Dessa forma vai gerar secondaries com estruturas diferentes.
> Vai ter secondary com acostamento (que é a primary mas sem
> preferência, pela sua proposta) e secondary sem acostamento, sem
> diferenciação nenhuma entre elas.
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>



-- 
Fernando Trebien
+55 (51) 9962-5409

"Nullius in verba."



Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br