[Talk-br] Edição destrutiva no Rio de Janeiro

Paulo Carvalho paulo.r.m.carvalho em gmail.com
Quinta Maio 15 02:40:23 UTC 2014


Fernando, agradeço muito teu esforço, só lembrando que ainda persistem
alguns poucos problemas:

Muitas vias duplicadas sobrepostas:
http://www.openstreetmap.org/#map=19/-22.99653/-43.41455
Rua com indentação estranha e classificada como pública:
http://www.openstreetmap.org/#map=19/-22.99485/-43.40750
A Av. Rosauro Estelitta não se conecta com a Célia Ribeiro / vias sem saída
com mão única: http://www.openstreetmap.org/#map=19/-22.99485/-43.40750

Mas acho que isso e outros detalhes posso consertar quando voltar.



Em 14 de maio de 2014 23:09, Fernando Trebien
<fernando.trebien em gmail.com>escreveu:

> Na verdade, todo o trabalho do Paulo foi recuperado, elemento por
> elemento. Mas o trabalho do Thiago foi perdido, embora tenhamos uma cópia
> caso alguém queira recuperar as informações que julga mais importantes
> (novos nomes de ruas é um alvo fácil e a maior parte da contribuição do
> changeset dele).
>
> O histórico guarda cada passo da edição de um objeto, junto com o nome da
> pessoa, então dá pra saber quem criou, quem complementou, quem removeu,
> etc. Um problema é que, ao redesenhar um elemento, cria-se um novo ID com
> um histórico próprio. Então se o Thiago apagou uma rua que o Paulo fez, e
> depois desenhou ela de novo (e ele fez isso em alguns casos), a linha
> apagada e a nova são objetos distintos com históricos separados e sem
> relação além daquela que nós damos interpretando todo o registro do
> histórico.
>
> Isso até é um ponto importante porque andam por aí umas estatísticas sobre
> os usuários que mais contribuem com o OSM baseadas somente no último
> usuário que editou cada elemento. Obviamente que usar a informação assim é
> muito injusto (apesar de ser uma aproximação "razoável" "na maioria dos
> casos"). Tem gente que usa o mesmo usuário pra edições manuais e
> automáticas, e as automáticas nem sempre representam um "grande esforço"
> (ex.: simplificações massivas de vias, importações de fontes conhecidas sem
> muitos ajustes de integração, reversões dos changesets apontados por outros
> avaliadores, etc.).
>
> 2014-05-14 22:30 GMT-03:00 Raffaello Bruno Limongi Freire <
> raffaellobruno em hotmail.com>:
>
> Do nada que eu entendo sobre o assunto cheguei a conclusão que a reversão
>> é mesmo a melhor saída. Quando uma coisa começa errado, dá muito trabalho
>> pra remendar depois. É melhor começar do zero, "cortar o mal pela raiz".
>>
>> Não sei se eu entendi direito, mas, se o Tiago incluísse novamente os
>> objetos que ele apagou do Paulo, o histórico ficaria como se ele é que
>> tivesse desenhado o objeto? Não me pareceria justo.
>>
>> Assim, com a reversão, quem corre o risco de ter alguma edição perdida é
>> o Tiago, que, apesar da boa intenção, foi quem deu causa ao problema. Na
>> hipótese já descartada de se corrigir o mega changeset, parece-me que
>> ficaria difícil assegurar que nada do trabalho do Paulo (e de outros) seria
>> perdido. Também não seria justo ele ter que conferir tudo que foi alterado
>> para, eventualmente, ter que editar novamente.
>>
>> ------------------------------
>> From: fernando.trebien em gmail.com
>> Date: Wed, 14 May 2014 17:36:29 -0300
>> To: talk-br em openstreetmap.org
>> Subject: Re: [Talk-br] Edição destrutiva no Rio de Janeiro
>>
>>
>> Próximos 40% da revisão. Parei por aqui, acho que cheguei num ponto em
>> que é mais fácil consertar primeiro revertendo e depois aplicando as
>> alterações benéficas (como novos nomes de ruas). De qualquer forma, está
>> registrado o motivo da reversão, nos mínimos detalhes.
>>
>> 1. Excluiu sem recuperar:
>> 1.2. Estes condomínios e prédios:
>> 1.2.5. http://www.openstreetmap.org/way/279437993/history
>> 1.2.6. http://www.openstreetmap.org/way/279219391/history
>> 1.4. Este canal: http://www.openstreetmap.org/way/263732278/history
>> 1.5. Este retorno: http://www.openstreetmap.org/way/279431841/history
>> 1.6. O nome deste trecho da rua (qual o motivo da remoção?):
>> http://www.openstreetmap.org/way/165736267
>> 1.7. Esta rua, e substituiu por outra com outra grafia (diferente da
>> grafia em outros trechos da mesma rua que você deixou intactos) e sem a tag
>> access que tinha originalmente (está correto?):
>> http://www.openstreetmap.org/way/279273541/history
>> 1.8. A via não-classificada que ficava nesta região:
>> http://www.openstreetmap.org/way/165743108/history#map=18/-22.99383/-43.40629
>> 1.9. Este caminho, que tinha nome, provavelmente válida:
>> http://www.openstreetmap.org/way/263239738/history
>> 1.10. Esta via de acesso interno ao condomínio:
>> http://www.openstreetmap.org/way/279273548/history
>> 1.11. Este retorno: http://www.openstreetmap.org/way/279431843/history
>> 1.12. Este retorno: http://www.openstreetmap.org/way/279466819/history
>> 1.13. Este retorno: http://www.openstreetmap.org/way/279449955/history
>> 1.14. Este edifício (que deveria ter se transformado num ponto à parte):
>> http://www.openstreetmap.org/browse/way/246660003/history
>> 1.15. Este acesso ao condomínio:
>> http://www.openstreetmap.org/browse/way/279219401/history
>>
>> 2. Reclassificou incorretamente:
>> 2.2. Esta ligação:
>> http://www.openstreetmap.org/way/165738470/history#map=19/-22.99964/-43.41510
>> 2.3. Esta ligação estava incorreta, e o novo valor ainda é incorreto
>> (deveria ser trunk_link): http://www.openstreetmap.org/way/194874420
>> 2.4. Esta ligação, que virou uma rotatória (!):
>> http://www.openstreetmap.org/way/102173881/history
>> 2.5. Esta ligação:
>> http://www.openstreetmap.org/way/165738469/history#map=19/-23.00030/-43.41796
>> 2.6. Esta via (dentro de algum tipo de horta urbana):
>> www.openstreetmap.org/browse/way/275616080/history
>>
>> 5. Prejuízos ao roteamento:
>> 5.1. Esta ligação estava parcialmente incorreta, mas a nova está ainda
>> mais incorreta: http://www.openstreetmap.org/way/166656938/history
>>  5.2. Alterações incorretas no sentido da via ou na restrição (mão
>> simples vs mão dupla):
>> 5.2.1. http://www.openstreetmap.org/browse/way/279449956/historysubstituída por
>> https://www.openstreetmap.org/way/279928776
>>
>> 6. Coisas que não fazem sentido:
>> 6.1. Esta ser a única via nas redondezas com access=permissive e
>> horse=no: http://www.openstreetmap.org/way/244288677
>> 6.2. A etiqueta embankment=yes nesta rua:
>> http://www.openstreetmap.org/way/258589576/history
>>
>> Melhorias:
>>  1. Este shopping, marcado como "edifício", na verdade é um conjunto de
>> edifícios, com vários espaços internos abertos, ao ar livre. Use
>> landuse=retail+shop=mall para a área do shopping, e building=retail para os
>> edifícios individuais, mapeados sobre a área do shopping (ou então deixe
>> para mapear os edifícios depois).
>> http://www.openstreetmap.org/way/39513998/history#map=19/-23.01012/-43.44242
>>  2. Esta garagem de ônibus poderia ser etiquetada com landuse=garages:
>> http://www.openstreetmap.org/way/236153707/history
>>
>> Dúvidas para os moradores:
>> 1.2. Por que esta via recebeu access=no?
>> http://www.openstreetmap.org/way/42926399/history#map=18/-22.95867/-43.33311
>> 2.2. O mesmo que o item (2) anterior, mas para o outro lado do túnel:
>> http://www.openstreetmap.org/way/161859413/history
>>
>>
>> 2014-05-14 12:30 GMT-03:00 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
>>
>> Só aproveitando, umas das edições do Thiago (
>> http://www.openstreetmap.org/way/16629922) me fez descobrir que
>> bicicletas não são permitidas pelo CTB em vias de trânsito rápido e
>> rodovias caso estas não tenham acostamento ou faixas próprias. Isto é um
>> bom argumento para se diferenciar as rodovias em primárias e secundárias
>> com base no acostamento ao classificá-las (inclusive é um argumento para
>> tirar a setinha com ponto de interrogação lá do fluxograma).
>>
>> 2014-05-14 12:03 GMT-03:00 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
>>
>> Me corrigindo no item 2.1: o correto não era secondary_link e sim
>> "secondary". Nem o anterior, nem o novo, estão 100% corretos.
>>
>>
>> 2014-05-14 12:02 GMT-03:00 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
>>
>> Antes de começar, vou ser justo: a maior parte do eu revisei até agora
>> (40% do seu changeset) está correto. Vamos à lista parcial de correções
>> então, mais tarde mando a segunda metade. Você:
>>
>> 1. Excluiu sem recuperar:
>> 1.1. Vários, váaaaarios interpoladores, tantos que eu acho que você
>> simplesmente selecionou todos os avisos de validação sobre interpoladores e
>> excluiu os itens listados. Se foi isso, saiba que os avisos do JOSM devem
>> ser avaliados com cuidado, somente o que é listado no grupo "erros" é
>> definitivamente um erro. Praticamente todos os interpoladores foram
>> originalmente mapeados pelo PauloCarvalhoRJ. Um dos erros é que eles
>> estavam sem nome, e suspeito que em alguns outros casos o erro é alguma
>> pequena diferença entre o nome da rua no interpolador e o nome da rua na
>> rua em si (tudo isso sugere que os interpoladores vieram de outra fonte de
>> dados). Algumas das áreas principais:
>> 1.1.1. No sentido leste-oeste nessa região do mapa:
>> http://www.openstreetmap.org/#map=17/-22.99723/-43.41312
>> 1.1.2. Nos dois lados da Avenida das Américas:
>> http://www.openstreetmap.org/#map=18/-22.99983/-43.40310
>> 1.2. Estes condomínios e prédios:
>> 1.2.1. Vários edifícios nesta quadra:
>> http://www.openstreetmap.org/#map=19/-22.99904/-43.41692
>> 1.2.2. http://www.openstreetmap.org/way/279435988/history
>> 1.2.3. http://www.openstreetmap.org/way/279373089/history
>> 1.2.4. http://www.openstreetmap.org/way/279449949/history
>> 1.3. Os prédios comerciais com o nome "Map Barra" (eles estavam mapeados
>> do jeito errado, mas eles existem, então você deveria ter consertado, não
>> excluído), assim como os acessos internos (highway=service):
>> http://www.openstreetmap.org/way/279441705/history#map=19/-22.99948/-43.41442
>>
>> Para recuperar, você pode usar o pacote que eu mandei ontem com a análise
>> do seu changeset, onde tem um arquivo .osm "-antes" com esses dados:
>> https://www.dropbox.com/s/9os7qjfrxlfxo2f/rj-rio-2014-05-11.zip
>>
>> Mas por favor, não faça um simples copy&paste, "integre" os dados que eu
>> indiquei acima, um por um.
>>
>> 2. Reclassificou incorretamente:
>> 2.1. Esta via de secondary_link para tertiary, mas o correto é como
>> estava: http://www.openstreetmap.org/way/103496340
>>
>> 3. Adicionou algumas tags que não fazem sentido:
>> 3.1. type=multipolygon em linha (só faz sentido em relação):
>> http://www.openstreetmap.org/way/260183463
>> 3.2. power=sub_station ao invés de power=substation:
>> http://www.openstreetmap.org/way/45801585
>>
>> 4. Mesclou algumas vias e isso propagou algumas tags de restrição de
>> conversão (no_left_turn, only_straight_on, etc.) que estavam aplicadas
>> incorretamente nas vias. Ao mesclar, o JOSM deve ter lhe apresentado as
>> tags da nova linha mesclada, você devia tê-las considerado com calma.
>> Exemplo: http://www.openstreetmap.org/way/200512321
>>
>> E agora as dúvidas para os moradores locais:
>>  1. Por que esta via recebeu access=no?
>> http://www.openstreetmap.org/way/262289114
>> 2. É realmente impossível/proibido passar de bicicleta e/ou a pé por este
>> túnel? http://www.openstreetmap.org/way/161859410
>> 3. Estas vias originalmente tinham um trecho com access=permissive, está
>> certo elas inteiras ficarem sem essa tag?
>> 3.1. http://www.openstreetmap.org/way/165738468
>> 3.2. https://api.openstreetmap.org/way/165738488
>> 4. Essas vias deveriam ser living street?
>> 4.1. http://www.openstreetmap.org/way/39610140/history
>> 4.2. http://www.openstreetmap.org/way/166138514/history
>>
>> E um último puxão de orelha: cada uma dessas coisas apontadas deveria ter
>> vindo num changeset separado, com uma descrição bem clara, pra ajudar na
>> revisão. ;-)
>>
>> 2014-05-14 10:03 GMT-03:00 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
>>
>> À medida que eu progrido na avaliação do seu changeset, eu me convenço de
>> que a situação é como você descreve. Mas você entende que:
>> - está nos consumindo um tempo enorme, principalmente porque você
>> misturou diversas edições num changeset só ao invés de separar por assuntos
>> - não podemos confiar em todo e qualquer changeset grande e que faça um
>> grande número de exclusões (senão vandalismos seriam muito comuns)
>> - o OSM foi feito para se trabalhar com changesets bem menores, raramente
>> ultrapassando 1000 objetos editados por vez (e pra quem não usa o JOSM,
>> raramente mais de 200 por vez)
>> - a sua edição deve ter causado problemas a vários usuários do iD que
>> estavam editando os mesmos elementos que você editou
>>
>> E por isso a sua classificação como "mal comportado" :P
>>
>> Essas coisas seriam menos problemáticas em outros lugares do país, onde
>> tem menos gente editando, mas no RJ o volume de edições é bem maior.
>>
>> Como a sua intenção é consertar várias coisas no mapa, faria sentido que
>> você se preocupasse que não tem ninguém vandalizando também. Daí eu lhe
>> sugiro começar a aprender sobre as ferramentas de revisão, e talvez assim
>> você tenha uma idéia melhor do problema. Muita gente usa o WhoDidIt. Pro
>> seu changeset, eu usei uma combinação de Reverter (JOSM) e osmdiff.pl.
>>
>> Aliás, mudei o status dessa questão para "consertar" ao invés de
>> "reverter":
>> http://wiki.openstreetmap.org/wiki/WikiProject_Brazil/Reversões/Avaliação
>>
>> Posso ir lhe passando o que falta consertar pra você mesmo fazer?
>> On May 14, 2014 8:50 AM, "Thiago Vieira" <thipvieira em gmail.com> wrote:
>>
>> Bom dia pessoal,
>>
>> comecei a ler as mensagens tratando do meu changeset. Posso esclarecer
>> qualquer dúvidas que tenham por aqui.
>>
>> Fernando, eu dei uma olhada quanto à esta sua dúvida sobre a exclusão de
>> interpoladores de endereço e realmente não sei te explicar, provavelmente
>> se ocorreumesmo deve ter sido alguma exceção e um erro por descuido, mas
>> garanto que eventuais erros do tipo, como disse, serão exceções visto a
>> dimensão das modificações. Mas pelo histórico do elemento de seu link ele
>> parece estar intacto, a não ser que eu tenha analisado errado (
>> http://www.openstreetmap.org/node/2836404056/history).
>>
>> E outro ponto, sim, eu estou ciente que terei que refazer algumas
>> relações de restrições de acesso, mas como disse, provavelmente neste fim
>> de semana estarei dedicado a fazer isso em toda a Avenida das Américas, que
>> tem mais de 20 km em reparo àquelas perdidas em um ou dois cruzamentos.
>>
>> Como vi em mensagens anteriores já até me consideraram um usuário
>> malcomportado (ok, eu mesmo me considero malcomportado por ter feito um só
>> changeset gigante), mas o que me parece é que o critério usado para tratar
>> o changeset como destrutivo não está muito correto pois aquele não foi um
>> trabalho de poucos minutos mas na verdade me tomou mais de 2 dias e isso
>> acaba levando a percepção de diversos ajustes e correções que se fazem
>> necessários, e por outra perspectiva, se for analisado proporcionalmente a
>> quantidade de exclusões pela área do changeset também se chegará a números
>> não tão assombrosos pois a avaliação que estão fazendo é sobre o número
>> frio de exclusões sem qualquer consideração, e no caso é normal pois eu não
>> estava mapeando uma região nova mas fazendo ajustes e melhorias (claro que
>> também houveram muitas inclusões de elementos), como disse em mensagem
>> anterior o meu objetivo, assim como percebo ser o dos Srs. é somente com a
>> qualidade do produto final do meu trabalho nas edições. Por isso fico
>> despreocupado que avaliem tudo o que quiserem e não encontrarão qualquer
>> tipo de iniciativa de vandalismo.
>>
>> Como disse, qualquer dúvida ou esclarecimento é só falar.
>>
>>
>>
>>
>> Em 14 de maio de 2014 01:21, Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com
>> > escreveu:
>>
>> Mas uma coisa que dá pra perguntar é: por que ele excluiu interpoladores
>> de endereço nessa região do mapa?
>> http://www.openstreetmap.org/node/2836404056#map=19/-22.99663/-43.41427
>>
>>
>> 2014-05-14 1:20 GMT-03:00 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
>>
>> Ainda não terminei de analisar, mas só pra compartilhar, eis um pacote
>> com:
>>  * o arquivo .OSM anterior à edição
>> * o arquivo .OSM posterior
>> * a comparação gerada pelo osmdiff
>>
>> https://www.dropbox.com/s/9os7qjfrxlfxo2f/rj-rio-2014-05-11.zip
>>
>> Em geral, pareceram edições corretas e de certa forma cuidadosas. Não
>> analisei tudo ainda, e as relações são um assunto à parte - especialmente
>> aquelas que foram quebradas ao excluir linhas, se é que houve alguma.
>>
>>
>> 2014-05-13 23:38 GMT-03:00 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
>>
>> Que hora para o OSMHV estar fora do ar:
>> http://osmhv.openstreetmap.de/changeset.jsp?id=22272862
>>
>> Comecei a analisar, mas vai levar um tempo.
>>
>>
>> 2014-05-13 17:11 GMT-03:00 Arlindo Pereira <
>> openstreetmap em arlindopereira.com>:
>>
>> Ele me mandou agora esta mensagem. O que vocês acham? Preciso de ajuda
>> para passar um pente fino nesse changeset, não terei tempo para verificar
>> as modificações uma a uma.
>>
>> []s
>> Arlindo
>>
>> "Então Arlindo,
>>
>> Realmente, eu percebi que enquanto eu não havia efetuado o upload das
>> minhas alterações o PauloCarvalhoRJ havia submetido um changeset exatamente
>> na região em que eu estava trabalhando e obviamente que eu percebi o bom
>> trabalho que ele estava realizando e não queria degradar o esforço dele (e
>> pra falar a verdade fiquei até meio desesperado pois eu também não queria
>> jogar tudo o que tinha feito fora), mas eu pesquisei e descobri que o JOSM
>> tem uma ferramenta ótima para tratar dos conflitos que permite analisar
>> caso a caso, nó por nó, via por via onde houve uma diferença de versão
>> entre os elementos modificados no arquivo .osm e os mesmos elementos no
>> banco de dados no momento do upload (ou a qualquer momento na verdade). E
>> essa ferramenta permite que em cada caso de conflito (quando a versão do
>> elemento é alterada no banco de dados no momento entre o meu download e o
>> respectivo upload das modificações), por exemplo um nó ou uma via que
>> sofreu uma modificação após eu ter baixado no JOSM e que na minha edição eu
>> deletei, ou o contrário o elemento foi deletado mas eu mantive no meu e fiz
>> alguma modificação mas alguém efetuou um edit e o apagou, o JOSM gera uma
>> lista com todos os conflitos existentes naquele momento e permite que cada
>> caso seja tratado permitindo que se opte tanto pela versão do servidor como
>> pela versão local, isso a nível de atributo do tag e posição geográfica,
>> por exemplo, tiveram muitos casos em que ele havia inserido atributos de
>> nome da rua ou outros mas havia mantido a posição e eu optei por manter o
>> atributo que ele gerou e a posição que eu havia ajustado, dessa forma
>> atendendo a ambos, e a maioria dos casos foram exatamente desse tipo.
>> Provavelmente o que eu apaguei da criação dele é porque eu também já havia
>> criado um elemento com o mesmo objetivo, tanto que a região agora se
>> encontra praticamente completa e só mesmo um morador seria capaz de
>> identificar detalhes que possam ser melhorados em termos de mapeamento.
>> Claro que ainda faltam alguns nomes de ruas e outros atributos ainda podem
>> ser explorados haja visto a infinidade de possibilidades que o OSM nos
>> permite, mas o básico para uma pessoa usar com o objetivo de navegação.
>>
>> Quanto às restrições, eu estou ciente e até sei onde ficavam, todas ali
>> na região do retorno da Av. das Américas em frente ao Barra Shopping e 1 ou
>> 2 cruzamentos depois desse. Essa foi a questão que eu disse que estou
>> comprometido em corrigir iniciando exatamente naquela avenida.
>>
>> Na verdade eu ainda tenho o arquivo, mas deixar de remover os pontos os
>> pontos que eu removi nunca seria capaz de refazer o trabalho feito pois
>> como disse na outra mensagem grande parte das modificações se deram
>> justamente na limpeza de desconformidades apontados pelo validador do JOSM
>> que está de acordo com as regras do Wiki e otimização de excesso de pontos
>> sem atributos principalmente em vias.
>>
>> O que você comentou sobre as vias separadas eu expliquei na mensagem
>> anterior mesmo deixando claro que eu tomei esse cuidado de verificar em
>> cada item se haviam relações associadas.
>>
>> Peço que antes de efetuar a reversão tente exportar uma imagem daquela
>> região como está e como ficará.
>>
>> Reforçando, não há como efetuar otimização e correção de erros sem que
>> haja exclusões. Aproveitando que o Paulo Carvalho é constante na lista ele
>> poderia avaliar se considera o changeset destrutivo.
>>
>> Será bastante lamentável, mas ok, o critério é de vocês."
>>
>>
>>
>>
>> 2014-05-13 15:23 GMT-03:00 Arlindo Pereira <
>> openstreetmap em arlindopereira.com>:
>>
>> Beleza, hoje eu não vou ter como reverter (trabalhando até tarde). Se
>> ninguém mais o fizer, agradeço se vc botar a mão na massa. =)
>>
>> []s
>> Arlindo
>>
>> 2014-05-13 15:12 GMT-03:00 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
>>
>> Cara, eu tenho condições de reverter hoje lá pelas 18h (tô sem a
>> infraestrutura necessária aqui), salvando uma cópia do estado atual
>> (anterior à reversão), mas se alguém quiser se adiantar, dou todo o meu
>> apoio. Eu começaria aplicando o Reverter do JOSM (vai levar muito tempo pra
>> baixar todos os milhares de objetos modificados) e dando um Ctrl+Z para
>> "desfazer a reversão". Isso deve dar os objetos modificados no seu estado
>> imediatamente após a edição. Daí é só salvar o arquivo, dar mais um Ctrl+Z
>> (para aplicar a reversão), resolver os conflitos (que devem ser muitos!) e
>> enviar. Caso os conflitos realmente sejam muitos (centenas, ou milhares),
>> também dá pra pular a etapa de solução de conflitos e rodar a reversão com
>> o script revert.pl.
>>
>>
>> 2014-05-13 14:23 GMT-03:00 Arlindo Pereira <
>> openstreetmap em arlindopereira.com>:
>>
>> Trocamos mensagens hoje, expostas abaixo. De qualquer maneira, gostaria
>> de solicitar a reversão imediata do changeset 22272862<http://www.openstreetmap.org/changeset/22272862> e
>> que, se possível, quem o fizer guarde um arquivo .osm para que ele possa ir
>> subindo as coisas aos poucos.
>>
>> O usuário respondeu com a seguinte mensagem:
>>
>>
>>  Thiago Pv <http://www.openstreetmap.org/user/Thiago%20Pv>
>> 13 de Maio de 2014 às 14:13
>>
>> Bom dia Arlindo,
>>
>> Eu imaginei que seria polêmico esse changeset pois eu acabei me
>> empolgando e trabalhei demais num só, o que sei que não é recomendável. No
>> total, se não me engano, foram quase 8000 modificações, coisa que somente
>> me arrependo por dificultar a validação por quem avalia friamente a lista
>> de modificações e acaba criando mesmo este tipo de confusão, mas vou tentar
>> esclarecer.
>>
>> Primeiramente, em resumo, o pesado das modificações foram no ajuste da
>> Avenida das Américas, incluindo as vias do BRT e posicionamento das
>> estações, desde o lado de Guaratiba da Grota Funda até a parte pouco após o
>> Barra Shopping, seus links de saída para as vias laterais e acesso às vias
>> residenciais, também tratei pesadamente as vias dos condomínios na parte
>> superior da Av das Américas compreendidos entre a Av. Salvador Allende e o
>> Aeroporto de Jacarepaguá a nas vias de acesso à Península, atrás dos
>> shoppings (todo o trabalho foi baseado em trilhas de GPS e também com o uso
>> das imagens do Bing, além do conhecimento pessoal pois circulo muito
>> naquela região).
>>
>> Com relação às exclusões de Linhas, a maioria delas se tratavam de
>> pequenos links entre vias paralelas e de alguma forma foram substituídas ou
>> refeitas no local onde de fato existe o caminho e não foi deixado nenhum
>> gap no mapa, tanto que a maioria destas vias excluídas não possui nem nome.
>> Além disso haviam diversos casos de vias duplicadas sobrepostas, e trechos
>> de uma rua ou avenida com atributos idênticos mas eram separadas em vias
>> diferentes e no caso eu somente uni elas transformando-as num só elemento
>> (haviam muitos casos assim), isso é importante inclusive para homogeneizar
>> os as informações do elemento pois muitas vezes um pedaço da via está com
>> os dados mais completos, por exemplo em alguns casos num trecho o nome era
>> escrito com acento e no outro não, ou então diferença de maiúscula no nome
>> e ao unir foi mantido apenas o atributo correto, neste tipo caso de união
>> de duas vias um dos elementos acaba sendo excluído, quando efetivamente
>> nada muda. Entendo que sua preocupação nesse caso possa se dar quando há a
>> associação do elemento com relações, de transportes por exemplo, mas eu
>> avaliei caso a caso e não fiz a união nestas situações.
>>
>> No caso dos nós é inevitável que se exclua muitos, salvo raras exceções,
>> se tratavam de nós excessivos de vias, principalmente naquele caso de
>> longas avenidas retas eu busquei otimizar o uso demasiado e desnecessário.
>> Nós com atributos foram sempre mantidos. E neste changeset também inclui a
>> resolução de diversas inconsistências apontadas pelo validador do JOSM eu
>> fiz uma limpeza também de pontos de identificação duplicados sobre áreas já
>> definidas com a mesma identificação, por exemplo quando criam uma praça e
>> usam a ferramenta de área para desenhar o território da praça e nele
>> colocam todos os atributos da praça mas redundantemente criam um ponto
>> sobre aquela área com os mesmos atributos, algo que é errado e o validador
>> indica na relação de erros e avisos (também vi vários casos).
>>
>> Claro que além destas razões levantadas aqui há outras centenas
>> particulares que não recordarei devido ao universo de alterações do
>> changeset.
>>
>> Para verificar a qualidade da alteração sugiro comparar visualmente o
>> antes e depois principalmente nas regiões onde mais efetuei alterações e
>> verá como aumentou a abrangência de ruas mapeadas, acessos, links e como
>> melhorou a definição e o alinhamento delas, principalmente os retornos na
>> Av. das Américas e o bonito desenho de ondas nas ruas dos condomínios
>> naquela região que estavam "enquadradadas" (anti aliasing braçal :), o
>> condomínio atrás do aeroporto, etc... Eu tentei descobrir uma forma de
>> visualizar um mapa anterior à modificação mas não descobri como.
>>
>> Percebo que você é a pessoa mais participativa e comprometida com a
>> qualidade do mapa do Rio mas peço que fique tranquilo que esse também é o
>> meu objetivo e eu tenho o defeito de ser bastante perfeccionista nas coisas
>> que me dedico e não farei qualquer tipo de vandalismo no mapeamento alheio,
>> exclusões no meu caso são com o simples objetivo de otimização e melhora
>> mas nunca destrutivo.
>>
>> Para finalizar peço que não reverta o changeset e caso identifique
>> qualquer falha, que obviamente não posso garantir que não tenha cometido
>> nenhuma, reverta somente aquele elemento e se possível me informe para que
>> eu possa verificar e corrigir com melhores informações até mesmo visitando
>> pessoalmente o ponto. É difícil quantificar erros mas duvido que possam
>> ultrapassar 5% de todo o trabalho desse changeset e seria um desperdício de
>> todo o restante >=95% positivo e que acrescentou muito a toda aquela
>> região. E obviamente que eu estarei sempre monitorando a região e
>> provavelmente perceberei erros que eventualmente tenham passado
>> despercebidos.
>>
>> Abraços Thiago Vieira
>>
>>
>> E eu respondi assim:
>>
>>
>> 13 de Maio de 2014 às 17:18
>>
>> Olá Thiago,
>>
>> que ótimo ver que você está disposto a contribuir e, principalmente,
>> respondendo a estas mensagens rapidamente. =)
>>
>> O que aconteceu foi o seguinte: acompanhando o RSS de edições na RMRJ*
>> [1] detectei que várias edições do mapeador Paulo Carvalho foram removidas
>> pelo seu changeset. Por exemplo [2], veja que pelo menos uma via definida
>> por ele foi removida por você [3].
>>
>> É admirável o esforço em melhorar o mapa, mas deve-se tomar cuidado para
>> não danificar as edições dos outros usuários. Pela sua resposta, é possível
>> perceber claramente que esse dano foi absolutamente de forma
>> não-intencional. Mas o fato é que você removeu MUITA coisa, inclusive
>> restrições de conversão [4], que são uma das coisas mais difíceis de
>> detectar a remoção (e que você talvez nem saiba que exista). Verificar um a
>> um todos os elementos que você removeu (seu changeset tem 891 edições em
>> linhas e 5401 edições em pontos, muitos deles remoções) seria uma tarefa
>> hercúlea, beirando o impossível. Por isso, é com pesar que eu digo que
>> terei de reverter seu changeset. (E para deixar claro, não pela quantidade
>> de objetos mapeados, mas sim pela quantidade de objetos removidos.) =/
>>
>> Te peço que não desanime em editar no projeto, nem que faça menos edições
>> por conta disso - pelo contrário, faça mais edições. Changesets atômicos
>> são a palavra chave. Alterações desse tipo tem bastante potencial para
>> causar conflitos (por exemplo se outro usuário estiver editando alguma das
>> vias afetadas ao mesmo tempo). Não precisa ser um changeset por rua
>> alterada também - o ideal seria que você foque em um determinado problema
>> por changeset. Por exemplo: num changeset alinhar as estações do BRT, em
>> outra realinhar vias e assim por diante. Isso elimina a possibilidade desse
>> tipo de problema e facilita muitíssimo o trabalho** de verificar o que foi
>> feito num determinado changeset.
>>
>> Para não perdemos seu trabalho, é possível guardar um .osm com todas as
>> alterações que você fez, para que você possa verificar os conjuntos de
>> alterações uma a uma e subir em changesets separados. Vou pedir ao usuário
>> que fizer a reversão separar este arquivo***.
>>
>> Quanto às vias com o mesmo nome em segmentos separados, é preciso
>> verificar com atenção se elas estão separadas por seus segmentos fazerem
>> parte de uma relação (restrição de conversão, rota de ônibus etc.) ou por
>> um mero equívoco (possuem exatamente as mesmas tags e participam das mesmas
>> relações). Como não sei se você conhece relações, peço para ler a página
>> wiki sobre Relações [5], sobre Restrições de Conversão [6] e principalmente
>> o excelente tutorial sobre Restrições de Conversão escrito pelo mapeador
>> Fernando Trebien [7].
>>
>> No mais, peço que você participe da lista de discussões talk-br [8]. Não
>> são tantos emails por dia (dá para acompanhar numa boa) e lá é possível
>> conversar com outros mapeadores. Aqui no Rio de Janeiro, eu, Pedro
>> Geaquinto, Marcio (Thundercel) e Paulo Carvalho postamos regularmente.
>>
>> Desculpe o transtorno, e não desanime. Um abraço,
>>
>> Arlindo Pereira
>>
>>    - Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Na prática, um bounding box
>>    (retângulo de coordenadas) que eu defini arbitrariamente. ** Atualmente, na
>>    RMRJ divido este trabalho com o mapeador Pedro Geaquinto. *** As reversões
>>    tem sido feitas por alguns usuários na comunidade e podem ser consultadas
>>    neste link:
>>    http://wiki.openstreetmap.org/wiki/WikiProject_Brazil/Revers%C3%B5es/Hist%C3%B3rico
>>
>> 1:
>> http://www.openstreetmap.org/history?bbox=-43.726%2C-23.084%2C-42.916%2C-22.655<http://www.openstreetmap.org/history?bbox=-43.726%2c-23.084%2c-42.916%2c-22.655>
>>  2:http://www.openstreetmap.org/changeset/22114023 3:
>> http://www.openstreetmap.org/way/279219401 4:
>> http://www.openstreetmap.org/relation/3458859/history ,
>> http://www.openstreetmap.org/relation/3632048/history ,
>> http://www.openstreetmap.org/relation/3427763/history ,
>> http://www.openstreetmap.org/relation/3632047/history ,
>> http://www.openstreetmap.org/relation/3427761/history ,
>> http://www.openstreetmap.org/relation/3427766/history ,
>> http://www.openstreetmap.org/relation/3427764/history e
>> http://www.openstreetmap.org/relation/3427765/history 5:
>> http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Relation 6:
>> http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Relation:restriction 7:
>> http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Pt-br:Tutorial:Restri%C3%A7%C3%B5es_de_Convers%C3%A3o
>>  8:https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br 9:
>> https://lists.openstreetmap.org/pipermail/talk-br/2014-May/007535.html
>>
>> []s
>> Arlindo
>>
>>
>> On Mon, May 12, 2014 at 11:01 PM, Nelson A. de Oliveira <naoliv em gmail.com
>> > wrote:
>>
>> Nesse caso reverte primeiro e pergunta depois.
>> Só tem remoção no changeset.
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>>
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "Nullius in verba."
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>>
>>
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "Nullius in verba."
>>
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "Nullius in verba."
>>
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "Nullius in verba."
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>>
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "Nullius in verba."
>>
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "Nullius in verba."
>>
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "Nullius in verba."
>>
>>
>>
>>
>> --
>> Fernando Trebien
>> +55 (51) 9962-5409
>>
>> "Nullius in verba."
>>
>> _______________________________________________ Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>
>>
>
>
> --
> Fernando Trebien
> +55 (51) 9962-5409
>
> "Nullius in verba."
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>
>
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://lists.openstreetmap.org/pipermail/talk-br/attachments/20140514/2a3adfe4/attachment-0001.html>


Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br