[Talk-br] RES: Áreas de perigo

Reinaldo Neves rneves em equacao.com.br
Quinta Abril 30 20:15:36 UTC 2015


Concordo plenamente essa não é uma informação que possa ser inserida no OSM, até por conta de sua volatilidade ( o seguro de hoje é a zona de guerra de amanhã e vice-versa ) e principalmente da subjetividade embutida nesse tipo de avaliação.

 

AS estatísticas policias não são publicas em lugar nenhum do pais e isso também tem sua razão de ser, por um lado não estigmatiza uma região da cidade e por outro eles evitam algumas cobranças para as quais não tem resposta.

 

Também trabalho a anos na região da praça da República em São Paulo sem nunca ter tido nenhum problema, mas acabei assaltado a mão armada na esquina da Paulista com a Brigadeiro algum tempo atrás.

 

Então voto por manter esse tipo de classificação fora do OSM.

 

Reinaldo

 

De: Márcio Vinícius Pinheiro [mailto:marcioviniciusmp em gmail.com] 
Enviada em: quinta-feira, 30 de abril de 2015 17:03
Para: OpenStreetMap no Brasil
Assunto: Re: [Talk-br] Áreas de perigo

 

Não sei em outros estados, mas no Rio a polícia mantém um banco de dados sobre segurança baseado em GIS, sim (foi apresentado em uma palestra sobre GIS a que assisti no ano passado). Não sei informar se essa informação é pública e aberta (eu acharia muito justo se não fosse), mas acredito que a única fonte fiável pra um mapeamento desse tipo seria essa.

Afora estudos estáticos sérios, qualquer outra abordagem ou implementação seria mero chute ou preconceito, gerando informações imprecisas e erradas para o OSM. Já é muito difícil as pessoas manterem a precisão em coisas físicas facilmente observáveis, imagina em algo tão subjetivo quanto sensação de segurança.

Apenas para dar o meu testemunho, eu trabalho há anos dentro de comunidades da cidade do Rio (dentro mesmo, meu posto de trabalho é na comunidade) e posso dizer com certeza, cada comunidade é uma comunidade e cada dia é um dia. Já passei por situações complicadas em lugares em que nem imaginava ter problemas e nunca tive problemas em áreas que muitos (e muitas estáticas) diriam para eu nem chegar perto.

A ideia em uma análise superficial parece boa, mas descambaria fácil e rapidamente para o achômetro e preconceito.

Atenciosamente,
Márcio Vinícius Pinheiro.
http://about.me/Doideira

Em 30/04/2015 15:32, "Blademir Andrade de Lima" <blademirtc em hotmail.com> escreveu:

Sr fossemos delimitar áreas de "risco", ou melhor, áreas de alta criminalidade, deveríamos fazer um circulo bem grande no Brasil inteiro.

Brincadeiras a parte, sim existem áreas aonde existe ausência de força publica, áreas dominadas por traficantes, milicias, etc que sim, poderiam ser delimitadas, para controle até mesmo das policias, saber onde estão pisando.

Quem deveria ter obrigação de abastecer este tipo de informação seriam as secretarias de segurança publica, mas isso é Brasil e aqui nada funciona.

No maximo poderíamos pensar em um aplicativo voltado a este fim, aonde os usuários reportam no mapa os crimes ocorridos.

Att,
BladeTC

--- Mensagem Original ---

De: "Tiago Fassoni A. A. Leite" <tiagofassoni em gmail.com>
Enviado: 30 de abril de 2015 12:56
Para: "OpenStreetMap no Brasil" <talk-br em openstreetmap.org>
Assunto: Re: [Talk-br] Áreas de perigo

My two cents: pedalo pela cidade inteira e moro a 3 quarteirões da cracolândia. Minha namorada de 1m57 mora comigo. A cracolândia ser perto de casa não me é um problema, nem para ela. Tenho também vários amigos e amigas que moram na região, e a convivência é bem pacífica, só dando problemas quando acontecem essas ações da polícia.

<shameless_plug>O programa braços abertos tem ajudado bastante nisso, volta e meia encontro galera com camiseta do programa fazendo limpeza das ruas</shameless_plug>

Agora, voltando para a questão de "segurança": ser atropelado é um risco muito, muito maior para mim que ser assaltado. Eu deveria colocar uma tag em locais tidos como perigosos pela comunidade de ciclistas, como a rotatória campo de bagatelle? (spoiler: acho que não)

Entretanto, tem casos tipo em Santa Teresa, que desabou metade de uma rua e a outra metade ficou lá, cortada, sem conserto. Aí acho que caberia a tag "vai_dar_merda" ou algo assim.

Ah, infelizmente a polícia não abre dados das ocorrências. Legal, né?

 

Vida Longa e Próspera,

Tiago

 

2015-04-30 12:42 GMT-03:00 Claiton Neisse <claiton.neisse em gmail.com>:

Eu penso que não deveriamos fazer esse juizo de valor e introduzi-lo na base de dados do OSM. A segurança ou insegurança de um lugar ou região depende do ponto de vista.

Pra mim, isso caberia a uma aplicação que utilize dados divulgados pelas policias e, talvez, o OSM. Pra isso, o caminho seria pressionar as policias a liberar dados sobre criminalidade. Assim, teria-se a possibilidade, aqueles que quiserem, de criar uma aplicação que mostre onde os crimes acontecem sobre um mapa do OSM.

 





Atenciosamente,

Claiton Neisse

 

Em 30 de abril de 2015 11:24, <belnuovo em pop.com.br> escreveu:

Sei que o termo Área de perigo seria algo muito subjetivo , mas o OSM não poderia criar uma tag para que possamos alertar as pessoas sobre regiões perigosas pra trânsito seja com veículo ou a pé , como por exemplo a Cracolândia  ( que existe há muito tempo e parece que não vai acabar ) na cidade de SP ?


_______________________________________________
Talk-br mailing list
Talk-br em openstreetmap.org
https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br

 


_______________________________________________
Talk-br mailing list
Talk-br em openstreetmap.org
https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br

 


_______________________________________________
Talk-br mailing list
Talk-br em openstreetmap.org
https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br

-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://lists.openstreetmap.org/pipermail/talk-br/attachments/20150430/ee0a1af2/attachment-0001.html>


Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br