[Talk-br] Importação - Uso e Ocupação de Solos - Espírito Santo

Lucas Pereira lucaspefreitas em gmail.com
Quinta Abril 5 16:31:00 UTC 2018


Boa tarde.

Comuniquei já algum tempo sobre a intenção de importar os dados que foram
disponibilizados pelo GEOBASES, órgão de gestão geográfica do Governo do
Espírito Santo, sobre o uso e ocupação do solo capixaba. Criei, portanto, uma
entrada no fórum nacional
<https://forum.openstreetmap.org/viewtopic.php?id=58747> contendo minhas
intenções.

A partir daí, elaborei uma página na Wiki
<https://wiki.openstreetmap.org/wiki/Esp%C3%ADrito_Santo_(state)/Proposta_de_importa%C3%A7%C3%A3o:_Uso_e_Ocupa%C3%A7%C3%A3o_de_Solos>
contendo alguns parâmetros preliminares de conversão de etiquetas, e outras
informações adicionais.

Lancei novamente o assunto em discussão após ter realizado uma importação
preliminar, a caráter de teste, no município de São Gabriel da Palha
<https://www.openstreetmap.org/relation/1837825> para verificar os
processos e qualidade de dados, além de uma amostra pública dos dados para
que toda a comunidade possa verificar.

Para que todo o processo esteja publicamente documentado, foi-me sugerido
abrir o assunto aqui na lista Talk-BR do OpenStreetMap. Assim, estou
enviando esta primeira mensagem e, um resumo desta discussão inicial
realizada no grupo OSM Brasil - Suporte
<https://t.me/OSMBrasil_Suporte/27973>, um canal da comunidade no Telegram.

De forma sucinta, foi discutido alguns pontos nesta primeira deliberação:

- listar esta proposta na página Import/Catalogue
<https://wiki.openstreetmap.org/wiki/Import/Catalogue> para apreciação
internacional, tendo em vista a extensão e quantidade de dados que poderão
ser enviados para a base de dados do OpenStreetMap.

- decidir quanto a importação de toda a base de dados ou de apenas tipos
selecionados, geralmente, referentes a feições naturais "fixas", como
matas, rochas e hidrografia, por exemplo, em contraposição principalmente
às culturas, que são mais suscetíveis a alterações no formato ou na própria
extinção.

- iniciar o processo para o tratamento e refino das geometrias a serem
importadas, o qual compreende, a princípio:

a. realizar a simplificação da geometria, apenas para limpar nós
redundantes, ou seja, sem utilidade para a geometria das feições

b. baixar as áreas que representam a cobertura do solo já existentes no
OSM, em especial, as listadas na página Wiki da proposta, que são as
abrangidas no arquivo Shapefile, localizando assim os conflitos que podem
existir entre as duas bases de dados.

c. Remover da base de dados GEOBASES as feições em conflito com o que
existe hoje no OSM. Estas áreas serão deixadas até que seja feito uma
"costura" manual após a importação.

d. Dividir o arquivo Shapefile em porções menores, de aproximadamente
10.000 objetos, respeitando o limite do JOSM/OSM no envio do conjunto de
alterações. Esta divisão deve priorizar a separação orgânica das feições,
de forma que seja mais fácil uni-las posteriormente.

- validar os dados de cada bloco e, em seguida, baixar a área
correspondente no JOSM e realizar a validação das duas bases sobrepostas.
Excluir qualquer problema e, então, prosseguir com o envio dos dados.

Nos processos que se seguirem ao primeiro, deve-se realizar a "costura" das
feições limítrofes, de modo a não existir geometria sobreposta na base do
OSM.

Na minha proposta a importação se inicia pelos locais onde existe menor
cobertura de solo já desenhada no OSM, para que as primeiras partes da
importação ocorram com o mínimo de interferência possível. Assim sendo,
serão deixadas por último as regiões onde haverá um maior trabalho manual
para compatibilizar as duas bases de dados.

Caso desejem, posso enviar aqui uma cópia da conversa de hoje a respeito
deste assunto no Telegram.


Grato pelo apoio,
Lucas.
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://lists.openstreetmap.org/pipermail/talk-br/attachments/20180405/738b249e/attachment.html>


Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br