[Talk-br] Maratona de aniversário do OpenStreetMap, sexta-feira

Leandro Motta Barros lmb em stackedboxes.org
Sexta Agosto 9 11:53:49 UTC 2013


2013/8/8 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
> Quanto às abreviações, eis uma lista bem completa:
> http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Name_finder:Abbreviations#Portugu.C3.AAs_-_Portuguese
>
> O nome dos acessos realmente é um inferno. Até sugeri traduzir "link"
> como "acesso" nas interfaces (ex.: "primary link" > "acesso primário")
> pra não deixar o usuário tão tentado a fazer isso (o que acham, boa
> idéia ou não?).

Acho nomes como "acesso primário" e "acesso secundário" podem passar a
ideia errada. Seguidamente vejo em rodovias sinalização dizendo coisas
como "Cidadópolis - Acesso Secundário", e aquilo que não é um
secondary_link.

Acho que um secondary_link está mais para "acesso a via secundária" do
que para "acesso secundário".

LMB




> Quanto às ruas que se cruzam, vale lembrar que nem todos os
> cruzamentos de linhas devem ter um ponto em comum (exemplos: viadutos,
> pontes sobre hidrovias). O ponto representa uma conexão entre as vias,
> no caso de uma diferença de nível não é necessário (nem muito correto)
> ter ponto. (O validador do JOSM implementa exatamente essa lógica.)
>
> 2013/8/8 Leandro Motta Barros <lmb em stackedboxes.org>:
>> Alguns dos problemas que eu mais encontrava eram:
>>
>> 1) Abreviações
>>
>> 2) Nomes que não são nomes ("Escola", "Retorno", "Praça", "Acesso ao
>> supermercado"). Isso é um inferno, porque esconde o problema nos
>> KeepRight da vida. Se não sabe o nome, deixe em branco! (É igualmente
>> errado, mas é mais fácil de encontrar o erro.)
>>
>> 3) Ruas que se cruzam sem um ponto em comum para indicar que estão
>> efeticamente ligadas.
>>
>> 4) Informações copiadas. Isso é difícil de identificar simplesmente
>> olhando para o que está mapeado, mas muitas vezes fico com suspeitas
>> quando comparo coisas no OSM com o Google Maps ou outro. Nunca é
>> demais alertar sobre isso.
>>
>> Fora isso, tem coisas que nem são erros propriamente ditos, mas sim
>> uma questão de "julgamento duvidoso". Muita coisa que fazemos ao
>> mapear envolve julgamento ("é melhor fazer deste ou daquele jeito?"),
>> e talvez valha a pena tentar identificar os "julgamentos duvidosos
>> mais comuns" e dar algum subsídio para os novatos tomarem decisões
>> mais acertadas.
>>
>> Lembro de um caso relativo a isso: vejo que é comum ver pessoas usando
>> "pontos demais" (entre aspas porque é questão de julgamento, como eu
>> disse). Por exemplo: ao mapear uma curva, colocam pontos a cada meio
>> metro (OK, talvez eu esteja exagerando :-P) para gerar uma curva ultra
>> suave. Ou incluem vários pontos intermediários no que é uma linha reta
>> de poucos metros de extensão [1] (pô!, dois pontos definem uma reta,
>> né?!).
>>
>> Acho que esses pontos (sobretudo aqueles primeiros quatro) são os principais.
>>
>> Abraço,
>>
>> LMB
>>
>> [1] Lembro de ler em algum lugar que em caso de retas muito longas,
>> recomendava-se colocar pontos intermediários "desnecessários". O
>> objetivo era evitar que uma consulta a um determinado retângulo
>> acabasse por não pegar alguma feature importante (estrada,
>> oleoduto...) que passe bem pelo meio dele porque nenhum ponto foi
>> amostrado. Não é disso que estou falando. Me refiro a coisas como
>> colocar pontos intermediários entre duas esquinas.
>>
>>
>>
>> 2013/8/8 Vitor George <vitor.george em gmail.com>:
>>> Ótimo!
>>>
>>> No video-tutorial eu queria ensinar coisas bem simples, para usuários
>>> iniciantes. Quais problemas, além da abreviação, vcs acham que eu poderia
>>> falar?
>>>
>>> Vitor
>>>
>>>
>>> 2013/8/8 Leandro Motta Barros <lmb em stackedboxes.org>
>>>>
>>>> Legal!
>>>>
>>>> Há coisa de um ano atrás eu fazia mensalmente uma edição de correção
>>>> de erros aqui nas redondezas, incluindo eliminação de abreviações.
>>>> Recentemente vi que algumas abreviações andaram voltando a aparecer.
>>>>
>>>> Vou tentar participar, nem que seja simbolicamente, corrigindo algumas
>>>> apenas :-)
>>>>
>>>> LMB
>>>>
>>>>
>>>>
>>>>
>>>> 2013/8/7 Vitor George <vitor.george em gmail.com>:
>>>> > Oi pessoal,
>>>> >
>>>> > O que acham de fazer uma maratona de mapeamento para celebrar o
>>>> > aniversário
>>>> > do OpenStreetMap, na sexta-feira?
>>>> >
>>>> > Minha proposta é, a partir das 16h, nos reunirmos virtualmente (ou
>>>> > pessoalmente se possível) para acabarmos com um grande problema, as
>>>> > abreviações do mapa.
>>>> >
>>>> > As abreviações são nocivas porque confundem algoritmos de busca, mas
>>>> > podem
>>>> > ser exterminadas por colaboradores de qualquer nível de experiência.
>>>> >
>>>> > Neste horário vou abrir um streaming/hangout para explicar as maneiras
>>>> > possíveis de resolver este problema, e aí podemos ir coordenando os
>>>> > trabalhos.
>>>> >
>>>> > O que acham?
>>>> >
>>>> > Vitor
>>>> >
>>>> > _______________________________________________
>>>> > Talk-br mailing list
>>>> > Talk-br em openstreetmap.org
>>>> > http://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>>> >
>>>>
>>>> _______________________________________________
>>>> Talk-br mailing list
>>>> Talk-br em openstreetmap.org
>>>> http://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>>
>>>
>>>
>>> _______________________________________________
>>> Talk-br mailing list
>>> Talk-br em openstreetmap.org
>>> http://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>>>
>>
>> _______________________________________________
>> Talk-br mailing list
>> Talk-br em openstreetmap.org
>> http://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>
>
>
> --
> Fernando Trebien
> +55 (51) 9962-5409
>
> "The speed of computer chips doubles every 18 months." (Moore's law)
> "The speed of software halves every 18 months." (Gates' law)
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> http://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br



Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br