[Talk-br] Excesso de tertiary em Porto Alegre

Fernando Trebien fernando.trebien em gmail.com
Sexta Agosto 23 15:53:43 UTC 2013


Sei disso, mas nenhum GPS (de todos os que eu conheço, e não conheço
todos) suporta a implementação assim. (Se tivesse 1 que suportasse, eu
estaria fazendo assim.)

Fazer com 1 ponto central não está "errado" porque o mapa é lógico e,
a princípio, vias separadas indicam que há separação física (ou legal)
entre elas. Num cruzamento não há essa separação, então, ok. Se essa é
a única solução utilizável na prática, então é a solução que eu acho
mais recomendável no momento.

2013/8/23 Nelson A. de Oliveira <naoliv em gmail.com>:
> 2013/8/23 Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com>:
>> Eu pretendia, porém, fazer antes um tutorial sobre o mapeamento de
>> cruzamentos, e apresentá-lo à comunidade para discussão. Existem
>> situações em cruzamentos de vias separadas que só podem ser resolvidas
>> desenhando-se o mapa assim:
>> http://www.openstreetmap.org/browse/node/330947414
>
> Por causa de restrição?
> Você pode usar um caminho como "via" na restrição. Restrições não
> precisam ter necessariamente um nó.
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> http://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br



-- 
Fernando Trebien
+55 (51) 9962-5409

"The speed of computer chips doubles every 18 months." (Moore's law)
"The speed of software halves every 18 months." (Gates' law)



Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br