[Talk-br] Sobre representação de vias e outros temas

thundercel em gpsinfo.com.br thundercel em gpsinfo.com.br
Quarta Janeiro 8 12:23:35 UTC 2014


Olá Sérgio!
Antes de mais nada deixo registrado que mesmo não o conhecendo já me simpatizo com você. Admiro aqueles que não se acanham a expor publicamente seus pontos de vista, mesmo sendo rotulados “novatos”. Parabéns!

“Novatos” destacado porque aprendi, em teoria e prática, a nunca empregar essa palavra quando do trato em “equipe”. Esse termo psicologicamente acanha e desestimula qualquer um que ingressa voluntariamente em uma “equipe”. Infelizmente venho observando muito o seu emprego em notas no OSM e até aqui na lista. Seria mais prudente empregar o termo “não familiarizado” com o Projeto.

“Equipe” destacado porque existe uma grande diferença de “Grupo de Trabalho” e “Equipe de Trabalho”. Aqueles que não sabem convido a consultarem na NET as diferenças, mas considero que somos uma equipe e não um grupo de editores.

Essa imagem com recorte do mapa do Exército é muito antiga. Empregávamos esses mapas na década de 60 para orientação terrestre. Naquela época os mapas disponíveis na praça só eram fornecidos em escala 1/250.000 e o Exercito, para fins bélicos, produzia mapas em escalas menores. Esses mapas eram, reservados e nós da Aeronáutica muito os empregávamos em briefings e deslocamentos terrestre  e aéreo.

Observei em sua assinatura sua formação profissional e com certeza, com sua vasta experiência profissional e de vida, em muito terá você a contribuir para a equipe que alavanca o Projeto OSM em nosso território.
Bem vindo a essa equipe.
[]s
Marcio
From: Sérgio A. J. Volkmer 
Sent: Wednesday, January 8, 2014 9:15 AM
To: OpenStreetMap no Brasil 
Subject: Re: [Talk-br]Sobre representação de vias e outros temas

Prezados, 



Comecei a bem pouco tempo a participar do OSM, como convida a página inicial do site  do projeto.



Sobre a imagem com recorte do mapa do exército (não o possuo por inteiro), estava cansado, não expressei direito. Apenas enviei como exemplo, para destacar o seguinte: apenas o que é “track” aparece tracejado; o resto das não pavimentadas está em linha externa contínua. Se fosse tudo tracejado, me parece que ficaria confuso.






Quanto ao resto dos vários temas discutidos, me parece o seguinte: 



Me inscrevi por indicação no talk-br, e já no primeiro dia, ontem, passei o dia recebendo postagens que lotaram a caixa de e-mail como nunca tinha acontecido. 



Enquanto isto, no pouco tempo em que me é possível, eu tentava contribuir locando vias que conheço, rurais e urbanas. Como creio que é o que possa fazer a maioria dos colaboradores sem alto grau de conhecimento de todos os detalhes.



A maioria dos novos colaboradores, como eu, creio que não saberá sobre o uso completo de todo o universo de “tags” disponível (e provavelmente nunca saberá; mesmo entre os colaboradores mais antigos e experientes se vê que há divergências; me parece normal). Talvez a maior contribuição do universo de colaboradores seja mapear coisas novas que não se conhece, ou onde ainda nada está mapeado.



Já me parece útil. Muito útil.



Há boas orientações para mapeamento na página http://wiki.openstreetmap.org/wiki/Highway, e outras, assim como no fluxograma proposto. É evidente que sempre haverá detalhes a melhorar em todos os níveis, localmente aqui no Brasil, ou no projeto em geral no mundo todo.



Não sei se é assim em todo o mundo. Apenas que se procure evitar afastar novos colaboradores com um altíssimo grau de problematização (e por vezes indignação com aquilo que cada um discorda). Ainda não há muita participação no OSM. É um projeto aberto; e com seriedade, sim, é o que percebo. Mas se perder o prazer de colaborar, não irá muito para a frente. 



Se houver algo de errado nas edições de outros, os mais experientes avisem, como agradeço as informações e observações que recebo de outros; ou quem entender melhor sinta-se livre para retificar.



O projeto OSM é muito bacana.



Saudações, bom dia a todos, bom trabalho,

Sérgio





     Sérgio Augusto Jardim Volkmer
           Arquiteto - CAU/RS 51.179-0
            M.A. in Philosophy - PUCRS

                sergioajv em gmail.com


Curriculum: lattes.cnpq.br/5493500986307113



Em 7 de janeiro de 2014 23:56, Fernando Trebien <fernando.trebien em gmail.com> escreveu:

  Pessoal,

  Um colaborador aqui de PoA, o Sérgio, me passou uma cópia de um mapa
  do exército onde há vias não-pavimentadas representadas de formas
  diferentes, provavelmente indicando algum sistema de classificação.
  Repasso pra vocês com a descrição dele. Eis o link pra imagem:
  http://i.imgur.com/crQ6azE.jpg

  O mapa se refere a esta região, numa cidade vizinha, onde nunca mexi
  em classificações de vias:
  http://www.openstreetmap.org/node/416647003#map=13/-30.2792/-51.0132

  ---------- Forwarded message ----------
  From: Sérgio A. J. Volkmer <sergioajv em gmail.com>
  Date: 2014/1/2
  Subject: [Talk-br] Mapnik: idÃ(c)ias para representar vias não-pavimentadas
  To: fernando.trebien em gmail.com


  Desculpe, foi truncada, faltou completar:
  O que destaco é que neste caso todas eram não-pavimentadas na época da
  carta (e continuam sendo, as estradadas menores), e o exército
  representa deste modo, com linha cheia.

  Anexo as imagens


       Sérgio Augusto Jardim Volkmer
             Arquiteto - CAU/RS 51.179-0
              M.A. in Philosophy - PUCRS

                  sergioajv em gmail.com

  Curriculum: lattes.cnpq.br/5493500986307113


  ---------- Mensagem encaminhada ----------
  De: Sérgio A. J. Volkmer <sergioajv em gmail.com>
  Data: 2 de janeiro de 2014 17:43
  Assunto: Re: [Talk-br] Mapnik: idÃ(c)ias para representar vias não-pavimentadas
  Para: fernando.trebien em gmail.com



  Apareceu este email quando tentei enviar pelo talk-br; peço apenas
  confirmar se recebeu.

  As imagens da carta vão anexas.

  Marquei 1 a 3 para 1ária a 3ária "neste caso", em modo relativo e não
  absoluto, na vila de itapuã, onde a 1ária, que leva de Porto Alegre ao
  centro da localidade, é uma estrada de chão. A 3ária pode bem ser uma
  service_road neste caso. O sentido, teoricamente, é que no futuro
  devesse se tornar uma via com 2 pistas separadas.

  O qé que todas são não pavimentadas, e o exército representa deste modo.



       Sérgio Augusto Jardim Volkmer
             Arquiteto - CAU/RS 51.179-0
              M.A. in Philosophy - PUCRS

                  sergioajv em gmail.com

  Curriculum: lattes.cnpq.br/5493500986307113



  --
  Fernando Trebien
  +55 (51) 9962-5409

  "The speed of computer chips doubles every 18 months." (Moore's law)
  "The speed of software halves every 18 months." (Gates' law)

  _______________________________________________
  Talk-br mailing list
  Talk-br em openstreetmap.org
  https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br




--------------------------------------------------------------------------------
_______________________________________________
Talk-br mailing list
Talk-br em openstreetmap.org
https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://lists.openstreetmap.org/pipermail/talk-br/attachments/20140108/064310a8/attachment-0001.html>


Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br