[Talk-br] Limite de cidades com distritos

Fernando Trebien fernando.trebien em gmail.com
Domingo Junho 28 07:09:37 UTC 2015


Pegando o bonde andando. A idéia é a seguinte. Mapeamos limites para
expressar quem tem jurisdição/soberania/poder de mandar/organizar o
espaço de uma determinada área. Níveis diferentes têm poderes
diferentes sobre coisas diferentes. No distrito [1], quem manda é a
subprefeitura (ou seja, o subprefeito). Na cidade [2], esse papel é da
prefeitura (ou seja, do prefeito). Não sei se um prefeito pode ser
também um subprefeito, mas aos olhos da lei, a princípio são entidades
diferentes, com poderes diferentes. No caso, a subprefeitura citada
não tem jurisdição sobre toda a cidade.

O Nominatim traz os dois resultados identificados de forma diferente:
o distrito é chamado "Limite de Aldeia", e o município é chamado de
"Limite de Município". Ou seja, achar que são a mesma coisa é não ler
a informação que o programa está mostrando na própria linha do
resultado. Não sei quem traduziu esse termo como aldeia (provavelmente
foi copiado do original em portuguẽs de Portugal), acabei de corrigir
para "Limite de Distrito Municipal", agora é necessário esperar alguém
exportar as traduções do TranslateWiki pro GitHub (feito pela última
vez 8 meses atrás).

[1] http://www.openstreetmap.org/relation/4108836
[2] http://www.openstreetmap.org/relation/334009

2015-06-27 14:46 GMT-03:00 Ivaldo Nunes de Magalhães <ivaldonm em gmail.com>:
> Gente... não quero parecer que sou teimoso... (e sou hein..) desculpe a
> oposição, mas tenho um pensamento diferente.
>
> Vejam, o que é melhor? Fazer 10 com 1 ou 1 com 10?
> Um soft com 500 linhas de código, ou um com 390, se ambos fazem a mesma
> coisa?
>
> Eu penso que seja fazer 10 com 1... É cultura lean/kaizen. Procuro aplicar
> isso no que faço.
>
> O que me preocupa é o seguinte: toda essa discussão (e ela é boa) surgiu por
> uma dúvida que tive ao pesquisar o limite de uma cidade no OSM e compará-la
> com o IBGE.
>
> Vejam que não sei quase nada de osm, mas já colaboro há quase um ano, com
> mais de 2000 edições, e mesmo assim tive dúvidas. Imagina para um usuário
> que vai pesquisar a primeira vez e se depara com um resultado desses.
>
> Se Dois Irmãos do Buriti tivesse apenas 1 adm_level=9 (Palmeiras/distrito) e
> 1 adm_level=8 (Dois Irmãos do Buriti/cidade), o cara iria pensar... "Poxa,
> essa cidade tem um distrito", e pronto. Nada de complicado.
>
> Agora, como é, olha a reação dele: "que confusão, essa cidade tem 2
> distritos, sendo que um é a própria cidade e mais a cidade que também tem o
> mesmo nome do distrito... não entedi nada..."
>
> Não há problemas em o osm mostrar quando distritos foram necessários...
> (vejam, necessário). São Paulo pode ser mostrado com adm_level=8 e seus
> bairros, com adm_level=9, como é.
>
> A minha indagação é: para quê São Paulo com adm_level=8 e adm_level=9?
> Apenas porque o IBGE diz que toda a cidade deve ter pelos menos 1 distrito
> (sede)?
>
> Se o cara quer pesquisar os distritos (digamos) de uma cidade que tenha 5
> distritos, além da sede. Ele vai achar os 5 distritos com adm_level=9 e a
> cidade com adm_level=8. Pronto, a cidade tem 6 divisões administrativas.
>
> Agora, eu gostei dessa idéia do Nelson de diferenciar pelo border_type...
> isso já facilita o entendimento do cara...
>
> Inclusive vou utilizar essa idéia da delimitação dos bairros de Campo
> Grande, que tem os bairros, e dentro deles diversos
> parcelamentos/loteamos/sub-bairros, com nomes distintos... Tipo: para
> bairros: . . . . . . . . . e para sub-bairros: - - - - - - - - -
>
>
>
>
>
>
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>



-- 
Fernando Trebien
+55 (51) 9962-5409

"Nullius in verba."



Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br