[Talk-br] Acessos, Agulhas, retornos, etc

Paulo Carvalho paulo.r.m.carvalho em gmail.com
Terça Janeiro 7 16:15:28 UTC 2014


Agora vi que não existe residential_link.

Bom, sugiro colocar a de menor classe por enquanto (tertiary_link) e
colocar um fixme=downgrade to residential level link para você não ficar
travado nisso e deixar registrado para o futuro em que resolverem criar uma
classe residential_link.


Em 7 de janeiro de 2014 14:11, Fernando Trebien
<fernando.trebien em gmail.com>escreveu:

> Isso quebraria todos os renderizadores e roteadores existentes. A via
> simplesmente não seria desenhada em mapa nenhum, e não seria roteável.
> Eu só recomendaria isso depois de:
> - perguntar na lista tagging
> - escrever uma proposta para aprovar o novo valor
> - obter a aprovação da proposta
>
> E na verdade, esperaria que pelo menos uma aplicação acompanhasse a
> proposta aprovada antes de sair usando.
>
> Isso, ou primeiro escreveria uma aplicação para suportar a tag,
> esperaria as pessoas começarem a usar a aplicação com a nova tag, e
> depois convenceria a comunidade de que a tag é necessária e útil.
>
> 2014/1/7 Paulo Carvalho <paulo.r.m.carvalho em gmail.com>:
> > Classifica-a como residential_link.  O _link no final já diz que se
> trata de
> > uma via de acesso.
> >
> >
> > Em 7 de janeiro de 2014 10:27, <thundercel em gpsinfo.com.br> escreveu:
> >
> >> Paulo,
> >> apesar de não entender quase nada de programação acredito que já
> >> compreendi que o conversor extrai do mapa aquilo que desejarmos para ser
> >> compilado pelo MKGMAP, entretanto deduzo que para ele extrair o que
> >> desejamos seja necessário alguma TAG no mapa para que ele interprete
> >> corretamente o dado a ser extraído.
> >>
> >> Pelo que entendi, aqui comentado e analisando o mapa na Europa, uma via
> de
> >> acesso ligando vias residenciais, seja ela de retorno, rampa, agulha,
> etc,
> >> fica sem uma TAG dizendo que aquilo é um acesso. Ali só fica a via com
> TAG
> >> residencial e sem a TAG nome.
> >>
> >> Para rotatória em via residencial não vejo problema porque ela recebe a
> >> TAG correspondente.
> >>
> >> Para acessos a vias de prioridade maior também não vejo problema porque
> >> elas recebem a TAG de ligação a via de hierarquia maior que residencial.
> >>
> >> Como você faria para que o conversor/renderizador interpretasse o acesso
> >> em via residencial?
> >>
> >> []s
> >> Marcio
> >>
> >> From: Paulo Carvalho
> >> Sent: Tuesday, January 7, 2014 9:37 AM
> >> To: OpenStreetMap no Brasil
> >> Subject: Re: [Talk-br] Acessos, Agulhas, retornos, etc
> >>
> >> Márcio,
> >>
> >>    Acho que a terefa de dar um nome genérico às vias sem nome deva ficar
> >> por conta do renderizador/conversor.  Quando compilarmos o mapa do
> Brasil no
> >> Cocar, podemos incluir um preprocessador para dar nomes genéricos às
> vias
> >> antes de compilar, ou copiar o que está em outra tag...  Isso é
> tranquilo de
> >> programar.  Podemos seguir as recomendações em prejuízo no futuro mapa
> que
> >> disponibilizarmos.
> >>
> >> [ ]s
> >>
> >> PC
> >>
> >>
> >> Em 7 de janeiro de 2014 03:29, <thundercel em gpsinfo.com.br> escreveu:
> >>>
> >>> Nelson,
> >>> por fim, pelo que entendi até o acesso de retorno, visto em
> >>> http://www.openstreetmap.org/way/251317040/history
> >>> deve ser formatado como via de serviço driveway?
> >>>
> >>> Se o for, pelo menos para mim está fugindo um pouco a lógica não poder
> >>> configurar um retorno desse na mesma formatação da via (residencial)
> sem
> >>> nomear retorno. Ter de configurar esse retorno como via de serviço /
> >>> driveway.
> >>>
> >>> Como esse exemplo existem inúmeros outros por essa Brasil afora,
> >>> inclusive no exterior.
> >>>
> >>> Interessante que fui ver no mapa da Espanha e identifiquei inúmeros
> >>> acessos configurados como via residencial, mas sem nome. Olhe um
> exemplo
> >>> http://www.openstreetmap.org/way/15106284/history
> >>>
> >>> -----Mensagem Original-----
> >>> From: Nelson A. de Oliveira
> >>> Sent: Tuesday, January 7, 2014 1:49 AM
> >>> To: OpenStreetMap no Brasil
> >>> Subject: Re: [Talk-br] Acessos, Agulhas, retornos, etc
> >>>
> >>> Marcio,
> >>> Nesses dois casos que você mandou vai funcionar da mesma maneira:
> >>> deixa sem name (caso a rua não possua) e em destination você coloca o
> >>> valor da placa.
> >>> Só toma cuidado que o destination é para onde o caminho aponta até o
> >>> seu final (se a direção do caminho tiver invertida então o destino
> >>> também ficará).
> >>>
> >>> _______________________________________________
> >>> Talk-br mailing list
> >>> Talk-br em openstreetmap.org
> >>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
> >>>
> >>> _______________________________________________
> >>> Talk-br mailing list
> >>> Talk-br em openstreetmap.org
> >>> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
> >>>
> >>
> >>
> >> ________________________________
> >> _______________________________________________
> >> Talk-br mailing list
> >> Talk-br em openstreetmap.org
> >> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
> >>
> >>
> >> _______________________________________________
> >> Talk-br mailing list
> >> Talk-br em openstreetmap.org
> >> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
> >>
> >
> >
> > _______________________________________________
> > Talk-br mailing list
> > Talk-br em openstreetmap.org
> > https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
> >
>
>
>
> --
> Fernando Trebien
> +55 (51) 9962-5409
>
> "The speed of computer chips doubles every 18 months." (Moore's law)
> "The speed of software halves every 18 months." (Gates' law)
>
> _______________________________________________
> Talk-br mailing list
> Talk-br em openstreetmap.org
> https://lists.openstreetmap.org/listinfo/talk-br
>
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: <http://lists.openstreetmap.org/pipermail/talk-br/attachments/20140107/dd77b31d/attachment.html>


Mais detalhes sobre a lista de discussão Talk-br